Mais informação para você

Pesquisa de Políticas com Enfoque: Emprego e Autismo

21.maio.2019

A Sociedade Internacional para Pesquisa do Autismo (International Society for Autism Research) divulgou um breve resumo sobre políticas com enfoque: como fazer as pessoas com autismo trabalharem.
"É claro que melhorar as oportunidades de emprego e os resultados para adolescentes e adultos autistas terá benefícios significativos para os locais de trabalho, a economia, a comunidade e os indivíduos que vivem com autismo", esse é o ideal desejado. Entretanto, os autores procuraram utilizar uma revisão da literatura científica existente sobre o tema; um levantamento de adultos com autismo, familiares e empregadores; e entrevistas pessoais com uma variedade de partes interessadas para entender melhor os desafios e as implicações políticas em torno desta importante questão.
Algumas das muitas conclusões alcançadas incluem:

  • Há uma falta de pesquisa que examina o papel dos suportes ambientais na manutenção de pessoas com autismo no local de trabalho. Preferencial para o foco atual na mudança dos sintomas do autismo é fornecer recursos e serviços, ajudando aqueles com diferentes habilidades para ter sucesso no local de trabalho, removendo barreiras e uso de facilitadores no ambiente.
  • Combinar os interesses, habilidades e pontos fortes de uma pessoa autista com um trabalho específico irá melhorar os resultados. Muitos adultos autistas trazem talentos, incluindo atenção concentrada e dedicação à precisão, habilidades essenciais para determinadas posições. Uma correspondência ruim provavelmente levará ao fracasso do funcionário e decepção para o empregador.
  • A questão da divulgação permanece controversa. A divulgação deve considerar as necessidades exclusivas dos funcionários autistas e pesar individualmente as consequências negativas percebidas (incluindo o estigma) e os benefícios da divulgação de um diagnóstico.

O resumo então oferece recomendações sobre o que você pode fazer agora para ajudar a expandir as oportunidades de emprego para adultos com autismo. Eles incluem:

  • Suporte ambiental no local de trabalho é essencial, incluindo a modificação do formato da tarefa e do ambiente de trabalho, como iluminação e som.
  • Os empregadores exigem melhores métricas sobre quais estratégias funcionam e não funcionam, com pronto acesso a recursos.
  • Experiência no trabalho é a chave para o sucesso. A expansão dos programas de experiência de trabalho é fundamental para melhorar os resultados do emprego.
  • O processo precisa começar cedo na adolescência para construir "caminhos" para o emprego.

A possibilidade de pessoas com autismo conseguirem um trabalho ainda é muito aquém do ideal, mas tem aumentado exponencialmente mundo a fora. Já no Brasil o cenário é caótico, as políticas públicas para o ingresso no mercado de trabalho abrangem muito mais oportunidades para pessoas com outras deficiências do que pessoas com o transtorno do espectro do autismo.

Para ler o conteúdo na integra clique aqui.

Leiam a pesquisa traduzida para o idioma português.

InternationalSocietyAutismResearchTraduzido